Você sofre com insônia? Saiba as consequências e como tratar

Você-sofre-com-insônia

A insônia é um distúrbio que afeta a vida de milhares de pessoas. Dados da Associação Mundial de Medicina do Sono apontam que esse e outros problemas para dormir estão presentes na vida de 45% da população mundial. Isso significa que quase metade do mundo está, nesse momento, passando por algum tipo de dificuldade, seja na hora de pegar no sono ou ao acordar ao longo da noite e não mais dormir.

Ainda não existe uma só causa para a insônia. Geralmente, o distúrbio está relacionado com problemas psiquiátricos (ansiedade, depressão), uso de medicamentos à longo prazo, bebida alcoólica, trabalho e estresse excessivo ou uma rotina nada saudável. Embora esse seja um problema de saúde que impacta no dia a dia de milhares de pessoas, a boa notícia é que é possível tratar para reestabelecer a saúde do sono.

causas-da-insônia

Consequências da insônia

Antes de falar do tratamento, é importante entender quais consequências a insônia traz para a vida das pessoas. Quem já teve ou tem esse tipo de distúrbio, que é o problema de sono mais frequente dos brasileiros, sabe que o principal sintoma é o desafio para começar o ciclo de sono ou o ato de acordar repentinamente e não mais conseguir dormir.

O sono é de fundamental importância para nossa saúde. Pesquisas apontam que, ao dormirmos, uma série de processos acontecem em nossos organismos. Um exemplo é o trabalho de “faxina” que o cérebro faz, eliminando proteínas tóxicas que, se não forem removidas, afetam no nosso desempenho diário.

Também é durante o sono que nosso cérebro identifica quais são as informações importantes para fixar em nossa memória.  Além disso, é no sono que nosso organismo é capaz de se restaurar, para que seja capaz de realizar as tarefas em pleno estado nas horas seguintes.

Assim, uma pessoa que tem insônia não será capaz de realizar esses processos, causando uma série de efeitos ao longo do dia. Vamos supor que, ao menos uma vez, você já teve dificuldade para adormecer. Você lembra como foi seu rendimento no dia seguinte?

consequências-desempenho

Possivelmente, não tão bom quanto os dias em que você teve uma ótima noite de sono. Imagine que, em um quadro de insônia, muitas pessoas passam por dificuldades diárias, em uma sequência que parece ser sem fim, de não conseguir descansar. É claro que esse tipo de distúrbio vai além do sono e afeta outros aspectos da saúde. Conheça algumas consequências da insônia:

  • Saúde mental: Embora problemas psicológicos sejam causadores da insônia, a insônia também é capaz de provocar problemas psicológicos. Um verdadeiro ciclo vicioso. Ao não dormir de forma adequada, a vitalidade da pessoa começa a cair, afetando seu desempenho. Ao perceber a queda de rendimento, é comum que o paciente desenvolva problemas de ansiedade e foque nos aspectos negativos da vida.
  • Acidentes: Você já deve ter lido uma notícia sobre alguém que dormiu no volante e causou um acidente. Mas a estatística é maior do que imaginamos: um em cada cinco acidentes são causados pelo sono ao dirigir. Ou seja, a combinação de direção com o sono traz resultados indesejados e dirigir pós noite de insônia pode te colocar em situações de risco extremo.
  • Desempenho menor: Como citamos anteriormente, ao dormir nosso cérebro é capaz de realizar uma série de processos importantes. Com a insônia, o cérebro não age da forma correta e nossa capacidade de atenção é prejudicada, além de afetar a memória e a aprendizagem.
  • Alimentação ruim: É muito comum que a falta de sono afete também na alimentação. Enquanto dormimos, nosso corpo regula o metabolismo. De fato, dormir pouco faz com que aumente o apetite e haja maior resistência à insulina. E ao unir uma apetite maior à pouca capacidade de atenção, fazemos escolhas alimentares piores, que pode causar colesterol, diabetes e até obesidade.
  • Rendimento físico: Se dormir bem faz com que nosso corpo tenha mais energia, a insônia faz com que o rendimento físico caia bruscamente. Nosso corpo precisa de uma quantidade mínima em horas de sono para funcionar adequadamente, se isso não acontece, nos sentimos cansados e frequentemente sem vontade para as atividades físicas.

consequências-rendimento-físico

Na maioria das vezes as consequências da insônia não se apresentam de forma isolada. É mais comum que a pessoa com dificuldades para dormir apresente mais de um efeito colateral ao mesmo tempo. Entretanto, existem alguns métodos que podem tratar a insônia para devolver a qualidade de vida para a pessoa.

Tratamento da insônia

Se você está passando por um quadro de insônia, uma dica é avaliar como está sua rotina nos últimos tempos e se algum acontecimento pode ter desencadeado o distúrbio. Pare para analisar se você está passando por situações estressantes, como está sua alimentação, se você está fazendo atividades físicas, qual seu nível de satisfação atual, entre outros. Muitas vezes, a insônia pode estar sendo causada por algum fator relacionado ao emocional.

Além disso, é fundamental que você procure um médico para receber orientações. O médico tanto pode propor alterações em sua rotina diária, para que você consiga estabelecer padrões e estimular o sono, quanto receitar medicamentos para restaurar a qualidade do sono, ou ainda receitar sessões de terapia para tratar o aspecto emocional. É o médico que vai analisar seu estilo de vida e realizar exames para entender qual é o tratamento mais adequado para o seu caso.

Muitas vezes, seu médico vai identificar que a insônia está relacionada com hábitos não saudáveis. Por exemplo, se o seu corpo não recebe as vitaminas necessárias para o bom funcionamento, é possível que o sono seja afetado. Nesse sentido, suplementos vitamínicos podem ser uma ótima solução. Uma opção é o SONUSS, da linha FATOR H, que auxilia no tratamento da insônia por contar com Triptofano, Magnésio quelado, Vitamina D e Selênio, entre outros elementos. A reposição de vitaminas pode ser uma solução rápida e prática para um problema que tem grande impacto no desempenho diário. Saiba mais sobre esse suplemento clicando aqui.

FATOR-H-SONUSS

De fato, não existe um padrão no tratamento da insônia. Cada organismo reage de uma forma diferente, mas tanto as mudanças de hábito, quanto à suplementação vitamínica, e claro, a visita ao médico, são passos importantes para uma melhora. Esse problema merece sua atenção e você pode recuperar as boas noites de sono.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *