5 dicas para prevenir o câncer de mama – Outubro Rosa

dicas para prevenir o câncer de mama- dns elementos ativos

O câncer de mama é o segundo mais frequente no Brasil, atrás somente do câncer de pele, e corresponde a 28% dos novos casos anualmente. Por isso, o mês de outubro foi escolhido para que se relembre, debata e conscientize sobre esse tipo de câncer, que tem tratamento, cura e pode ser prevenido. Para te ajudar nessa tarefa, conheça 5 dicas para prevenir o câncer de mama!

O que é o câncer de mama?

o que cancer de mama- dns elementos ativos

Segundo o INCA (Instituto Nacional de Câncer), a definição para o câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação desordenada de células da região mamária. Por conta dessa multiplicação, células anormais se reproduzem rapidamente, formando um tumor.

O câncer de mama é um dos mais frequentes nas mulheres do Brasil. Em 2018, foram registrados mais de 50 mil novos casos da doença no país. Não existe uma idade inicial para que o câncer se desenvolva, mas é mais comum que a incidência comece aos 35 anos e cresça progressivamente, especialmente depois dos 50 anos.

É possível encontrar diferentes tipos de câncer de mama e a evolução da doença acontece em ritmos diferentes, dependendo do organismo da paciente e do tipo. Felizmente, com o avanço da tecnologia, se diagnosticado precocemente a chance de cura é de 95%. Por isso, é importante estar atenta ao corpo para entender os sinais e detectar sintomas que apontem que algo não está funcionando corretamente.

Quais os sintomas do câncer de mama?

O corpo humano é uma verdadeira máquina, e portanto, envia sinais quando algo não está operando da forma normal. É por isso que fazer o auto exame de mama e estar atenta às mudanças no organismo é tão importante. A percepção de alteração é capaz de fazer “soar o alarme” e buscar ajuda médica.

O auto exame de mama é um método “caseiro” para identificar o câncer, já que é por meio dele que percebemos um importante sintoma: o aparecimento de nódulo. Além do surgimento de nódulo, outros sinais de câncer de mama são:

  • Edema cutâneo, que deixa a pele do seio semelhante à casca de laranja;
  • Retração cutânea, ou seja, pontos no seio que a pele parece estar sendo puxada;
  • Inversão do mamilo;
  • Dor;
  • Descamação ou ulceração do mamilo;
  • Hiperemia, quando há alteração na textura ou na coloração da pele;
  • Secreção papilar, especialmente quando é unilateral e espontânea;
  • Linfonodos palpáveis na axila.

Esses são alguns sinais comuns do câncer de mama. Ao perceber qualquer alteração é necessário procurar um médico. Muitas vezes, esses sintomas podem estar relacionados a doenças benignas da mama, mas somente um profissional da saúde consegue dar um diagnóstico definitivo.

Além disso, ao procurar um médico nos primeiros sinais, a paciente consegue ter um diagnóstico precoce, o que aumenta consideravelmente as chances de tratamento e cura. A descoberta tardia de um câncer de mama faz com que as possibilidades de recuperação caiam para 50%. Então, já sabe: notou algum sintoma, precisa procurar o médico!

Como prevenir o câncer de mama

Mas será que é possível prevenir o câncer de mama? O INCA afirma que com pequenas atitudes você pode evitar o surgimento da doença. Isso acontece porque 13 tipos de tumores de câncer de mama estão relacionados ao comportamento e ao estilo de vida da mulher. Veja 5 dicas para prevenir o câncer de mama, para colocar em prática agora mesmo:

Mexa-se!

pratique atividade física- outubro rosa

Conseguir inserir a prática de atividade física na rotina nem sempre é fácil, mas é necessário. Fazer algum exercício diminui em mais de 30% as chances de desenvolver câncer de mama. O ideal é fazer pelo menos 30 minutos de aeróbico (caminhada, corrida, dança), três vezes por semana. Mas nada impede que você movimente o corpo diariamente.

Uma dica para quem não gosta de praticar atividades físicas é escolher uma modalidade que você se interesse ou chamar uma amiga para treinar junto. Além disso, um exercício faz com que você tenha mais saúde, controle o peso, tenha mais disposição e melhore o ritmo cardíaco. Motivos não faltam para começar a se movimentar!

Chega de cigarro

Os avisos nas embalagens de cigarro sobre o câncer não estão ali à toa: com mais de 4 mil substâncias tóxicas, o hábito de fumar também está relacionado ao surgimento do câncer de mama. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), 4,9 milhões pessoas morrem todos os anos em decorrência do cigarro – certamente, uma estatística que ninguém quer fazer parte.

Alimentação também conta

A praticidade de consumir alimentos industrializados faz com que esse seja um grande atrativo na hora de escolher uma refeição. Entretanto, esse tipo de alimento canta com vários agentes cancerígenos na composição. Assim, dê prioridade aos vegetais e não deixe de incluir frutas na sua dieta. Seu corpo precisa estar bem nutrido com vitaminas, sais minerais e fibras diariamente.

Além disso, uma alimentação mais natural tem alto índice de substâncias antioxidantes, que são associadas à proteção contra a maioria dos tipos de câncer. Na hora de escolher sua próxima refeição, lembre-se que uma opção saudável pode impactar em aspectos que vão além da estética.

Menos álcool

O alto consumo de bebidas alcoólicas está relacionado ao desenvolvimento de diversos tumores, incluindo o de mama. Se você bebe e fuma, as chances para o surgimento de doenças aumentam consideravelmente, tanto os tipos de câncer quanto problemas cardiovasculares, mentais e hepáticas.

Faça o auto exame regularmente

auto exame prevenção cancer de mama- outubro rosa

Mais de 60% das mulheres que desenvolveram câncer de mama perceberam os sinais ao realizar o auto exame da mama. Por isso, é importante repetir com uma certa frequência. O ideal é fazer o auto exame sete dias após o início da menstruação (pois no período pré mestrual o seio pode inchar). As mulheres que estão na menopausa devem escolher um dia por mês para fazer o auto exame.

E claro, o auto exame não substitui exames clínicos. A partir dos 40 anos de idade, as mulheres devem realizar anualmente a mamografia, ou antes se solicitado pelo médico. Cuidar da saúde é o fator principal para prevenção e pode fazer com que o câncer seja apenas um pequeno capítulo da sua história. Cuide-se!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir chat